Entrar

Esse conteúdo é exclusivo para assinantes do programa.

LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR

Rodrigo Ribeiro Pinho Rodarte

Marcelo Navarro

epub-BR-PROATO-C20V2_Artigo2

Objetivos

Ao final da leitura deste capítulo, o leitor será capaz de

 

  • analisar os diferentes aspectos da lesão do ligamento cruzado anterior desde a sua anatomia, o mecanismo de lesão e o exame físico;
  • considerar os aspectos do tratamento, principalmente com ênfase no tratamento cirúrgico desde a fase aguda, os tipos de enxerto e os tipos de técnica cirúrgica;
  • descrever os aspectos da reabilitação e os fatores de risco nas eventuais falhas ligamentares.

Esquema conceitual

Introdução

O aumento populacional, principalmente dos grandes centros agregados, associado ao aumento da prática de exercício e, em alguns momentos, à finalidade competitiva como o esporte, desempenha um papel no aumento das doenças do sistema musculoesquelético, tanto pela sobrecarga (ultrapassando os limites fisiológicos adaptativos, por exemplo a reação ao carregamento) como pelo trauma (ultrapassando os limites mecânicos dos tecidos, como fratura e rupturas ligamentares).1

O aumento das lesões por causas externas ocasiona danos, sobretudo na população jovem produtiva, com graves desdobramentos para a sociedade.1 Por exemplo, causa a redução do nível da atividade diária e da função dos membros com a perda de dias de trabalho, ou mesmo, em atletas, de minutos de jogos, competições regionais, nacionais ou mesmo internacionais, além de levar à perda funcional com redução do nível da atividade competitiva.

O ligamento cruzado anterior (LCA) tem sido estudado atualmente pela consequente incapacidade funcional resultante que os pacientes apresentam aos esforços mecânicos, com a alteração da biomecânica natural do joelho.2 A biomecânica tem sido considerada na compreensão para o melhor resultado no retorno da função do joelho.

Este capítulo visa rever os aspectos principais a partir da ciência básica por meio do diagnóstico e do tratamento da lesão do LCA.