Entrar

MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO E ESTRATÉGIAS DE AVALIAÇÃO DO CONSUMO ALIMENTAR APLICADOS EM PESQUISA E NA PRÁTICA CLÍNICA

NAYARA GOMES GRACILIANO

MICAELY CRISTINA DOS SANTOS TENÓRIO

ALANE CABRAL MENEZES DE OLIVEIRA

epub-BR-PRONUTRI-C9V3_Artigo1

Introdução

O consumo alimentar é um instrumento indireto de diagnóstico nutricional, por meio do qual é possível caracterizar as condições individuais e coletivas de alimentação e nutrição. Ele está relacionado com as experiências pessoais, o estilo de vida, o âmbito cultural, a disponibilidade do alimento e os ciclos da vida, por isso sua investigação é essencial para a análise clínica do indivíduo. Além disso, é fundamental em pesquisas epidemiológicas que objetivam avaliar a interação do consumo de alimentos com o processo saúde–doença — especialmente aquelas voltadas para agravos nutricionais — e o desenvolvimento de estratégias direcionadas para subsidiar políticas públicas de saúde.1

Nesse contexto, os métodos de investigação são ferramentas úteis para mensurar a ingestão alimentar de indivíduos ou grupos, que podem ser aplicados separadamente ou em associação, a depender do objetivo ou da finalidade de avaliação, a fim de analisar o consumo quantitativo e/ou qualitativo da dieta.2 As estratégias de avaliação do consumo alimentar são utilizadas para analisar a qualidade da dieta de forma mais abrangente, fornecendo informações complementares para a avaliação do efeito da alimentação na saúde.3

Diferentes métodos de investigação e de estratégias de avaliação do consumo alimentar são utilizados na prática clínica para avaliação nutricional de indivíduos e/ou populações ou, ainda, têm sua aplicabilidade voltada a estudos epidemiológicos.2–4 Assim, independentemente do método e/ou da estratégia selecionada, é preciso garantir a obtenção de dados válidos e confiáveis e considerar suas vantagens e limitações, além da aplicabilidade, da acurácia, do custo e da viabilidade específica.5

A avaliação do consumo alimentar é uma função complexa que demanda conhecimento do profissional, especialmente na medida em que se pretende registrar a ingestão de forma acurada, sem exercer influência sobre ela. Neste capítulo, serão abordados aspectos relacionados com o consumo alimentar e os principais métodos e estratégias de avaliação empregados nessa abordagem.

Objetivos

Ao final da leitura deste capítulo, o leitor será capaz de

 

  • reconhecer a importância dos estudos que avaliam o consumo alimentar;
  • identificar os principais métodos de investigação utilizados na coleta de dados de consumo alimentar;
  • listar as vantagens e desvantagens dos principais métodos de investigação utilizados para mensurar o consumo alimentar;
  • reconhecer a importância da avaliação do consumo alimentar na prática clínica;
  • descrever adequadamente os métodos de avaliação do consumo alimentar de acordo com o objetivo/a finalidade e o contexto clínico da aplicação;
  • discutir as estratégias mais utilizadas para avaliar o consumo alimentar e a qualidade da dieta.

Esquema conceitual

Cadastre-se para ler o artigo completo
Já tem uma conta? Faça login