Entrar

USO DE PLATAFORMAS VIBRATÓRIAS NA REABILITAÇÃO PULMONAR DE PACIENTES COM DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA

Camila Danielle Cunha Neves

Vanessa Amaral Mendonça

Vanessa Kelly da Silva Lage

epub-PROFISIO-CAR-C9V1_Artigo3

Objetivos

Ao final da leitura deste capítulo, o leitor será capaz de

  • listar os efeitos do exercício de vibração de corpo inteiro (VCI) em parâmetros clínicos, cardiorrespiratórios, funcionais e inflamatório-oxidativos de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC);
  • descrever os mecanismos e as respostas fisiológicas relacionadas aos benefícios do exercício de VCI em pacientes com DPOC;
  • distinguir as variáveis a serem moduladas durante a aplicação do exercício de VCI;
  • construir um protocolo de exercício de VCI de forma eficaz e segura para pacientes com DPOC.

Esquema conceitual

Introdução

A DPOC está entre as principais causas de morbidade e mortalidade no mundo, representando um problema de saúde pública, e é caracterizada por persistentes sintomas respiratórios e limitação do fluxo aéreo em decorrência de anormalidades na via aérea e/ou alveolar, as quais podem gerar repercussões sistêmicas, em especial, disfunção muscular dos membros.1

O treinamento físico é considerado o pilar da reabilitação pulmonar de pacientes com DPOC, por promover a melhora da capacidade de realizar exercícios, reduzir a dispneia e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida (QV).2 Como um possível componente da reabilitação pulmonar, a VCI tem sido investigada como modalidade complementar e eficaz de exercício para pacientes com DPOC.

O exercício de VCI é uma modalidade de treinamento e uma ferramenta de reabilitação, realizado sobre uma plataforma vibratória que gera oscilações periódicas. As oscilações vibratórias são transmitidas ao corpo e estimulam fusos neuromusculares a produzirem contrações musculares reflexas, em resposta ao reflexo tônico vibratório. Dessa forma, o exercício de VCI parece produzir respostas fisiológicas similares às observadas por outras modalidades de treinamento físico, tais como o treinamento físico aeróbio e o de força.

Embora os primeiros estudos que avaliaram o uso do estímulo vibratório como modalidade de exercício na medicina esportiva e reabilitativa tenham sido realizados nas décadas de 1990 e 2000, a proposta de investigação da inserção da VCI na reabilitação pulmonar de pacientes com DPOC iniciou apenas em 2012. Desde então, o uso dessa modalidade de exercício tem despertado o interesse dos pesquisadores, os quais têm buscado avaliar a efetividade da VCI em parâmetros clínicos, cardiorrespiratórios, funcionais e inflamatório-oxidativos de pacientes com DPOC.

Este programa de atualização não está mais disponível para ser adquirido.
Já tem uma conta? Faça login